Etiqueta: Contos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Resenha

Resenha: O Alienista de Machado de Assis – Pt. I

O Alienista , de Machado de Assis, diverge muitos críticos quanto à categoria a qual pertence esta obra, se ao conto ou à novela. Há, porém, muito mais do que isso em seu texto: trata-se aqui de uma das críticas mais contundentes já feitas ao cientificismo e ao poder. Como observador ladino, o escritor deixa ao leitor um de seus maiores legados, repleto de humor e sofisticação.

Resenha

Resenha: Diário de um louco de Nikolai Gógol

Nikolai Gógol é uma das principais figuras estreantes na “nova prosa russa”. Seus textos são sátiras sociais em que o fantástico e o real se fundem constantemente. O autor é influente até os dias de hoje. O Diário de um louco e outros de seus textos contribuíram para a formação de Dostoiévski e Vladimir Nabokov, expoentes da literatura universal.

Resenha

Resenha: Carta ao pai de Franz Kafka

Kafka está no pináculo da literatura universal. Em Carta ao Pai, o autor desvela a relação entre indivíduo e autoridade na sociedade. O escritor, ao mesmo tempo em que critica a imagem do patriarca, também aponta para os problemas – não apenas de sua geração, mas de toda instituição familiar –, que perduram até os dias atuais.

Resenha

Resenha: O homem das multidões de Edgar Allan Poe

“Descendo na escala do que se chama distinção, encontrei temas para especulações mais profundas e mais sombrias”, disse o narrador de O Homem das Multidões , de Edgar Allan Poe. Neste texto, Poe usa mais uma vez a observação para tentar enxergar o que ninguém vê no comportamento do homem que faz parte de uma multidão. A solidão e a apatia são consideradas agentes da comunidade moderna. Leia o texto abaixo para entender como Poe analisa a relação entre indivíduo e sociedade.

Assine nossa Newsletter

Receba nossos  melhores conteúdos sobre Publicidade e Marketing Digital de cada mês.